SAP MM – Controle de Status de Campos de Pedidos de Compras

SAP MM – Controle de Status de Campos de Pedidos de Compras

Uma das funcionalidades que eu considero como muito interessante, é a possibilidade de se trabalhar com os Status de Campos dos Pedidos de Compras.

Imaginem o seguinte cenário:

Você trabalha em uma Empresa que está em processo de auditoria, e durante este processo, foi identificado que não há rastreabilidade ou amarração entre os Processos de Cotação, Contratos e Pedidos de Compras.

Apesar do SAP tratar isso com maestria, ainda é possível perdermos a rastreabilidade dos documentos se o usuário não souber como trabalhar com esses documentos. Por exemplo, deixando de referenciá-los no Pedido de Compras .

Diante deste cenário, é possível pensar em uma solução standard, relativamente simples, utilizando os Status de Campos do Pedido de Compras.

Neste vídeo, mostro rapidamente em duas etapas como deixar os campos Contratos, Solicitação de Cotação e RFQ Coletiva como obrigatórios em um Pedido de Compras.

O objetivo seria, por exemplo, criar um novo Tipo de Pedido, o qual obrigaria o usuário a indicar o número do Contrato, toda vez que fosse consumir qualquer quantidade de um determinado material de um Contrato (eu chamo este documento de Pedido para Contrato).

Outra possibilidade é deixar obrigatório o campo Solicitação de Cotação, dessa maneira, o Processo de Compras teria um atestado de que todas as Compras possuem processo de Cotação (salvo as Compras Emergenciais, que ficariam isentas desta obrigatoriedade). A combinação de obrigatoriedade dos Campos Contratos e Solicitação de Cotação também é possível. Tudo depende de como a Empresa gostaria de fazer a amarração dos Processos.

E por falar em amarração, deve-se sempre tomar um certo cuidado para não “travar” por completo o processo, deixando-o muito burocrático e moroso, correto ?

As possibilidades, como sempre são inúmeras.

O raciocínio para bloqueio ou obrigatoriedade é o mesmo para qualquer outro campo que estiver disponível no painel de configuração, ou seja, se quisermos deixar o campo Código IVA como obrigatório, também é possível, e assim sucessivamente.

Basicamente, este é o conceito.

Despertou interesse ? Você poderá ver mais detalhes no vídeo abaixo:
(sorry pelo aúdio.. infelizmente, ficou meio estourado, então abaixe o volume !)

%d blogueiros gostam disto: